sexta-feira, outubro 29, 2010

A simplicidade é uma arte!

Confesso que não estou inocente deste pecado e, volta e meia, tenho outros que me fazem ver as minhas falhas.
.
A simplicidade é uma arte!
.
Gosto desta comunicação directa que, despida de toda a roupagem supérflua, diz claramente ao que vamos. Em tempos salientei o caso do "Perdi a carteira".
.
Ontem, numa empresa, o empresário passou-me uma folha com a promoção a uma acção de formação:
.
Designação: Comunicação interpessoal e assertividade
Objectivo: Distinguir e identificar os elementos básicos do processo comunicacional e identificar os factores determinantes da comunicação eficaz na dinamização das equipas de trabalho. Identificar e desenvolver estilos de comportamento assertivo.
.
Uma acção de formação sobre comunicação não devia ser mais clara, mais comunicativa?
.
A minha irmã mais nova anda a fazer um doutoramento. Quando teve de apresentar um primeiro "poster" em York, sobre o que anda a investigar, foi penalizada por que era demasiado publicitário e tinha pouco de ciência. Depois, foi fazer uma comunicação a um congresso em Espanha e... viu o seu "poster" carregado de ciência, preterido na atenção dos visitantes da parte expositiva em favor dos posters com imagens mais fantásticas.
.
Lição aprendida: É preciso perceber quem é o público-alvo a quem nos dirigimos e o que é que o atrai.

2 comentários:

António disse...

pois, mas nos dias que correm quem faz esse tipo de trabalho. os pacotes estão pré formatados e os alinhamentos, obrigam à "carneirização".
é bom, mesmo muito bom saber que ainda existem profissionais que procuram ajustar ao cliente.

lookingforjohn disse...

Olá... :)
Era só pra dizer que me sinto estúpido por (já) não conseguir fazer comentários à folhinha que o empresário lhe mostrou...
Já não consigo mais...